16 Ideias para seu Convite de Chá de Fraldas

Olá Amigas (os) do meu coração!
Tudo bem com vocês? Espero que estejam bem e super felizes!

Hoje venho com mais um post inspiração para as gravidinhas de plantão, que estão querendo fazer um lindo chá de fraldas para o príncipe ou princesa que está chegando. Sabemos que o convite, já é a primeira impressão para chá de fralda, claro que cada mamãe deve fazer o chá de fraldas de acordo com suas condições financeiras do momento e também de acordo com seu sonho! Importante mesmo é aproveitar esse momento e se divertir!

Pensando nas mamães que querem fazer um chá de fraldas, selecionamos 16 modelos de convites só de fraldinhas ou caixa de fraldas, para inspirar todas vocês. Tem para todos gostos e estilos, simples e super criativo. Basta conferir tudinho e escolhe o que mais te agrada!



Gostaram??? Espero que tenham se inspirado! Achei todos lindos, criativos, delicados, perfeitos para a ocasião! Agora é só escolher e começar os preparativos!

** NÃO VENDO NENHUM PRODUTO, 
TODAS AS IMAGENS FORAM RETIRADAS DO GOOGLE, CRÉDITOS OU RETIRADA. ENTRE EM CONTATO AQUI

Confira também:
- 20 Modelos de convite para Chá de bebê: AQUI
- Brincadeiras para Chá de Fraldas/Bebê: 
AQUI
Idéias para Chá de Fraldas/Bebê de Menina: AQUI
- Idéias para Chá de Fraldas/Bebê de Menino: 
AQUI
- Chá de Fraldas OU Chá de bebê?
AQUI
- Chá de Fraldas/ Chá de bebê! Fazer ou não? 
AQUI
- Chá de Fraldas do Heitor: 
AQUI
Até mais! 

Grow-Up: Para vestir sonhos, foi preciso sonhar, acreditar e trabalhar duro!

Conheça a história da marca de roupas infantis Grow Up, que acaba de realizar o lançamento de suas franquias

A família é normalmente descrita como um conjunto de pessoas que possuem grau de parentesco entre si e vivem na mesma casa, formando um lar. Mas tem gente que adora mudar conceitos e acaba transformando tudo o que faz em um lar, e todas as pessoas em volta viram sua família. E, como a gente sabe, é da família que herdamos as melhores coisas e é para ela que fazemos o nosso melhor!

Primeiro, a herança. O gosto pela costura o Eduardo Guelfi, 36 anos, herdou da avó, Dona Ignez. Era ela quem costurava as roupinhas de toda a família. Depois, os pais, Dona Sueli e Seo Sebastião, tiveram uma loja de aviamentos e dali veio todo o conhecimento com as linhas e agulhas. Naquela época ele nem poderia imaginar de que maneira sua vida seria costurada. Para a faculdade, escolheu o curso de Direito, mas a mãe sempre desconfiou que, mais cedo ou mais tarde, a atividade que a Dona Ignez exerceu por tantos anos ainda faria parte da vida dele. “Mesmo quando estava cursando Direito, o Edu chegava e dizia pra mim 'mãe, hoje eu visitei uma confecção de roupas e é a coisa mais linda, você precisava ver'. E eu falava 'não Eduardo, tire isso da sua cabeça! Fique quieto com o que você está fazendo'. Eu tinha trauma porque minha mãe trabalhava muito e ganhava pouco”, lembra.

Já a Helen Guelfi, 32 anos, herdou dos pais a veia empreendedora e um jeitinho para comandar os negócios. Ainda jovem, trabalhava com o pai, Seo Flori na empresa de artigos de festa da família. Um belo dia, em 2004, Eduardo e Helen se encontraram e, além de sentirem vontade de viver para sempre juntos, também sentiram o desejo de ter o próprio negócio. “Nós começamos a fazer brindes para a empresa do pai da Helen, como camisetas e canetas personalizadas. Primeiro contratamos uma costureira e aí ela e o marido acabaram entrando de sócios com a gente”, lembra Eduardo.

Não demorou muito até que eles percebessem que podiam ir além e investir em algo ainda mais ousado para a cidade em que viviam e para a idade deles. “Um dia esse nosso sócio sugeriu que a gente fizesse umas roupinhas de bebê, porque a mulher dele fazia um tempo atrás e eles vendiam bem. Como a confecção dos brindes não tomava muito tempo, nós topamos. E logo começamos a vender mais roupinhas de bebê do que as camisetas promocionais”, recorda Helen.

A empresa começou em uma salinha pequena, com duas costureiras e algumas prateleiras para ‘estocar’ a produção. O casal, no entanto, cuidava do novo empreendimento de maneira paralela às suas funções. “Nós tivemos que trabalhar muito, todo dia passava da meia-noite e no sábado era sem parar. E era a gente que fazia tudo, a gente que escolhia a cor que ia na gola da roupa, decidia o tecido, levava para bordar, vendia as peças, emitia as notas, pagava as contas”, conta Helen.
em um ponto de venda próprio, o casal alugou uma sala no centro da cidade e passou a realizar um bazar das peças todos os sábados. “Hoje tem gente que nos conta que é nosso cliente desde a época do bazar na Rua General Osório. Isso é bem bacana!”, afirma Eduardo.

No ano seguinte, a produção começou a aumentar e os clientes falavam que queriam peças mais elaboradas. “Aí nós fomos para Terra Roxa, que é a capital da moda bebê e eu descobri que uma amiga de infância estava trabalhando lá, e através dela a gente contratou uma pessoa para desenhar as peças e começar a desenvolver uma coleção para nossa marca”. E foi exatamente quando as coisas davam todo o ar de que iriam melhorar, que se tornaram mais difíceis. “Tivemos uma dificuldade em competir com as empresas mais experientes, que já estavam neste ramo há muito mais tempo”, relembra Eduardo.

A solução foi criar um produto diferente, apostando nas tendências de moda e, sobretudo, na qualidade dos materiais. “Começamos a fazer roupinhas mais elaboradas pra agregar valor, com charme e estilo europeu. Aí nós contratamos uma pessoa para cuidar do design das peças, uma engenheira têxtil pra fazer uma produção mais rentável e mais costureiras”, conta Helen.

Como tudo o que é feito com amor, a Grow Up deu certo! Em 2011 apareceu a oportunidade de abrir a primeira loja da marca na cidade e eles, mais uma vez, arriscaram. “Quando a gente fazia as fotos das crianças para os catálogos as mães adoravam e falavam ‘por que vocês não abrem uma loja? As roupas de vocês são muito legais’. Nós ouvimos isso várias vezes e quando surgiu a oportunidade e a pessoa certa, nós abrimos. Acho que Deus vai mandando, vai colocando as coisas no nosso caminho”, acredita Helen.

Pouco tempo depois, eles enfrentaram um dos momentos mais difíceis de suas vidas pessoais. “O Edu teve uma doença autoimune causada pelo estresse e, na mesma semana que ele foi diagnosticado, eu descobri que estava grávida. Então, esse foi um momento crucial da nossa vida em que tivemos que repensar muita coisa. Nossa visão de mundo mudou depois disso”. Felizmente, mudou para melhor! “Você sente aquela vontade de deixar um legado não apenas financeiro para o seu filho e passa a querer um mundo melhor”, afirma Helen.

E o pequeno Henrique hoje é o rostinho da marca. Em todos os catálogos, lá está aquele bebê ruivinho, que ainda não sabe, mas foi essencial para o crescimento da Grow Up. “Sempre que a gente ia fotografar uma nova coleção eu queria um menino ou menina ruiva, e sempre foi muito difícil achar. Quando eu era bebê, era ruivinha, mas nem imaginava que o Henrique poderia nascer ruivo”, conta a mãe.

O próximo passo foi ampliar o número de representantes da marca e atingir todo o Brasil. “Nossa participação em feiras de São Paulo ajudou bastante a divulgar mais o produto e conquistar novos clientes”, assegura Eduardo. Hoje são 25 representantes, mais de 100 funcionários diretos, incluindo uma equipe de desenvolvimento das peças, e outros 100 indiretos. Sem falar na estrutura, que é bem diferente daquela salinha com duas costureiras e algumas prateleiras. 

Em 2013, a Grow Up inaugurou novas instalações em uma área construída de aproximadamente 3.000 m², em um amplo terreno com mais de 12.000 m². Agora o casal já estuda a ampliação desta estrutura, com a construção de um novo barracão. Tudo isso já pensando no crescimento que certamente está por vir com o lançamento oficial das franquias da marca, realizado no dia 08 de agosto deste ano.

“No início nada foi muito planejado, tudo foi acontecendo e se organizando naturalmente. Naturalmente e com bastante sacrifício, claro. Nós não tínhamos experiência neste ramo, então era uma novidade pra todo mundo. E aqui todo mundo aprendeu a trabalhar junto. Todos cresceram junto com a gente. Era aquela coisa de buscar e aprender sozinho porque não tinha quem ensinasse. Cascavel não tem uma mão de obra especializada para roupas de bebê. Então, além de não ter muita mão de obra, quando tem nós precisamos treiná-la no nosso sistema de trabalho e isso é mais difícil ainda”, ressalta Eduardo. “E hoje nós temos um sistema de trabalho nos mesmos moldes da Toyota! É quase um just in time. Nós trabalhamos com a fábrica bem enxuta e o que entra na produção sempre sai, não fica parado. Criamos um sistema de trabalho específico para o nosso produto”, completa.

E aquela mesma Dona Sueli que lá atrás não queria ver o Eduardo ‘metido’ com essa coisa de costura, agora é o controle de qualidade da empresa! “Eu aprendi a gostar deste mundo também, porque agora faz parte da minha vida. Sou eu quem supervisiona a confecção das peças, apara os excessos, cuida do acabamento. Eu olho tudinho e o que não está bom já mando refazer”, garante.
O segredo da Grow Up é um só: acreditar na família e viver, seja em casa ou no trabalho, como família. “Só conseguimos chegar onde estamos, e se Deus quiser ainda vamos longe, porque temos o apoio da família. Nossos pais estão sempre presentes e nos auxiliando. A gente trouxe a experiência que eles já tinham de vida e como empresários e colocamos um pouquinho da nossa juventude, da vontade de arriscar e fazer acontecer. Mas eles são nosso suporte até hoje. Não tomamos nenhuma decisão da empresa sem consultá-los”, conta Helen. Parafraseando aquele velho ditado, em time que está ganhando não se mexe nos treinadores. 

Para saber mais sobre as franquias, o e-mail de contato é : franquias@growup.ind.br
Outros Contatos:
Site: AQUI
Fan Page: AQUI
Instagram: AQUI
You Tube: AQUI
Endereço Loja: Av. Padre Pedro Canisio Henz, 301 / Núcleo Industrial Albino Nicolau Schmidt / Cascavel - PR
Fone: +55 45 3035-5050

Até mais! 

Museu dos Brinquedos faz passeio pelas montanhas de Minas neste sábado (20)

Olá Pessoal!
Hoje mais uma programação especial no Museu dos Brinquedos em Belo Horizonte, neste sábado dia 20 - As histórias de Minas Gerais. Confiram!!!
PiuííííChacháPiuíííChachá! Café com pão, bolacha não! Café com pão, bolacha não! As montanhas de Minas Gerais serão o tema das atividades especiais que o Museu dos Brinquedos preparou para animar a garotada que visitar o espaço neste sábado (20), a partir das 15h.

E além de se entreter com a contação de histórias, tradições e “causos” de nosso estado, as crianças ainda irão aprender a fazer um trenzinho com caixas de fósforo. Um jeito divertido de brincar e aprender conceitos de reaproveitamento e reciclagem.

Além das atrações especiais que resgatam um pouco das tradições e hábitos típicos de Minas, o Museu, que estará aberto a partir das 10h, oferece outras atividades superdivertidas. Pais e filhos podem se aventurar pela história dos brinquedos através do acervo permanente, com mais de 800 peças de todas as partes do mundo. Em seguida, a diversão é garantida com a exposição GambioGame – História e Desafios dos Jogos Eletrônicos, um recorte da evolução dos brinquedos eletrônicos. O espaço ainda oferece brincadeiras no pátio, legoteca e sala de leitura.

Até o fim deste mês, o Museu dos Brinquedos desenvolve uma série de atividades em homenagem à Independência do Brasil e ao folclore nacional. A iniciativa é uma forma de valorizar a cultura local e fazer com que as crianças tenham contato com as tradições e manifestações tradicionais.

Programa Especial de Sábado no Museu dos Brinquedos
Local: Museu dos Brinquedos - Avenida Afonso Pena, 2564, Funcionários
Data: 20 de setembro
Horários: 
10h às 17h: Exposição de brinquedos, oficina de construção de brinquedos tradicionais, brinquedos no pátio, legoteca e sala de leitura.
15h: Oficina especial: Construção de trenzinhos com caixas de fósforo.
16h: Contação da história: Uma viagem no trem caipira...
17h: encerramento
Valor: R$ 10,00
Informações: 3261-3992 e https://www.facebook.com/museudosbrinquedos

Até Mais! 

Resenha: Mimos da Loja Bem-vinda Serafina

Olá Pessoal! Tudo bem com vocês? Espero que estejam bem e felizes!
Hoje trago mais uma resenha para vocês de uma loja muito especial. Estamos falando da Bem-vinda Serafina (Citei AQUI), que amei conhecer e ter como parceira, sempre busco parcerias de qualidade para vocês e esta sem dúvida é uma empresa de mega qualidade, com produtos diferenciados e um ótimo atendimento! Deixa nossa cozinha e casa ainda mais bela e divertida! 
Recebemos um Press Kit lindo, muito bem embalado, com todo carinho para não estragar ou quebrar, em uma linda caixinha, como se fosse um verdadeiro presente para nós. Ficamos encantados com TUDO!
Nesse Kit, recebemos um capacho dos Herois (Tapete), cortador de sanduíche, cortador de bananas, e uma forma de gelo do Titanic. Além de recadinho lindo da proprietária da Loja, Fabiana, que é uma amor de pessoa e merece todo sucesso!

Agora vamos ver cada mimo:
Capacho Herois: Faça da sua casa uma história em quadrinhos com o Capacho Heróis com seus personagens favoritos!Material vinil, para uso interno e externo, não desbota, antiderrapante, anti-fungos e anti-chamas. Bordas rebaixadas para melhor acabamento. Heitor amou! Simplesmente lindo com a face dos herois, bem colorido e de um material excelente. Colocamos na porta do quarto e deu outro visual! Amamos!!!!
Forma de gelo de Titanic: Deixe seus drinks ainda mais divertidos com a forma de gelo em forma navios. Produzida em silicone, pode ser utilizada para diversos fins, desde gelo até chocolate derretido. Suporta altas temperaturas (-40~230c), podendo ser lavado inclusive no lava louças.,Amamos receber e deixou os sucos do Heitor ainda mais divertidos. Também fizemos gelo de suco de Uva e ele chupou só o gelo, foi uma diversão !!! 
Forma de Sanduiche do Dino: Deixe o lanche do seu filho mais divertido com dinossauros! Heitor também amou. Confesso que não tenho muita criatividade para fazer sanduiche divertido, mas com essa forma tudo se torna mais fácil fácil. Achei bem útil e usamos várias fezes.
Olhem como é fácil usar:
 Lanche divertido que postamos no nosso Instagram (AQUI)
Também recebemos um cortador de bananas que adorei é super prático para cortar bananas. Foi ótimo para mim, pois Heitor come muita fruta e faço muita vitamina, é só descascar, cortar e tá pronto. 
Como perceberam, amamos tudo! Bem-vinda Serafina é uma super loja on line, que ajuda todos nós mães e mulheres que amam a cozinha, com produtos que facilita a nossa vida ou pelo menos deixa a cozinha mais alegre e divertida. Além de preços excelente, ótimo atendimento e um carinho todo especial por seus clientes! Vale a pena conhecer e se surpreender!
Por isso INDICO E RECOMENDO, pois testamos e APROVAMOS!
Para conhecer mais a Loja Bem-vinda Serafina, entre em contato:
Contatos: 
Site: AQUI
Blog: AQUI
Fan Page: AQUI
E-mail: contato@bemvindaserafina.com.br

Espero que tenham gostado! E logo teremos muitas novidades para vocês! AGUARDEM!
Até mais! 

TAG- Amantes de Livros

Olá Pessoal! Tudo bem com vocês? Espero que todos estejam bem!
Hoje vou participar de uma TAG, muito legal, criada pela a linda Indrig do Blog: Diário da Mãe e da Filha, que ama ler livros assim como eu. A TAG é responder algumas perguntas sobre esse universo de livros e não necessariamente precisa indicar ninguém ou um número de pessoas. Uma pessoa te indica, você faz e indica quantas pessoas quiser.

Vamos lá:
Livro que está lendo no momento: A menina que roubava livros
Último livro que leu: Á Primeira Vista - Nicholas Sparks
Escritora preferida: Sylvia Day
Escritor preferido: Nicholas Sparks/ WILLIAM P.YOUNG
Para você, um livro perfeito... Tem que ser uma história envolvente, criativa e que sempre deixa uma reflexão ao final, independente se é romance, drama ou comedia, o livro tem que me passar algo. 
Um livro que merece ser lido várias vezes: A cabana
Uma história de amor: A culpa é das estrelas
Um guia de viagem: Sinceramente leio pouco, quase nada sobre viagens. 
Um livro que poderia ter sido melhor: A menina que roubava livros (estou achando algumas partes muito cansativas, mas vamos ver até o final)
Um livro que te fez chorar: Quase todos que já li kkkkkkkkk
Livro mais rápido de ler: 50 tons de cinza

Vou taguear algumas amigas:
- Simeia- Leitora Assídua
- Cris Philene - Prosa de Mãe

Deixo o convite a todas que passarem por aqui, que gostem deste universo e quiserem responder! Fique a vontade e depois é só colocar o link para que eu possa conferir tudinho! 

Espero que tenham gostado!
Até mais!
Copyright © 2013 Diário Mãe de Primeira Viagem - Layout Personalizado por Giselle Carvalho