Dicas de passeios para aproveitar a primavera com os filhos

Olá Pessoal! Tudo bem! 
Começou oficialmente a primavera e com ela chega aquela vontade gostosa de sair de casa para aproveitar o tempo ameno. Passear no parque, fazer um piquenique, visitar o jardim botânico e até mesmo montar uma hortinha em casa são boas ideias para curtir o início da estação das flores ao lado das crianças.
Além de ser um ótimo jeito de passar o tempo com os filhos, essas atividades estimulam o aprendizado através do universo lúdico das brincadeiras e do contato com a natureza. E como nós sabemos que brincando se aprende muito mais sobre o mundo, que tal reunir os pequenos para aprender e se divertir nos passeios de primavera? Veja a seguir algumas dicas para garantir diversão com conhecimento. 

Passeio no parque:
Como um passeio no parque pode ser sinônimo de conhecimento? Fácil, ao caminhar com os pequenos proponha uma brincadeira do tipo jogo da memória, mas eles não podem saber o que você irá perguntar ou pedir que memorizem. Apenas peça para que a criança observe bem as árvores, os jardins, o gramado e os arredores. Esta é a única pista. 
Em seguida, você inicia as perguntas e o objetivo da brincadeira é lembrar o maior número de detalhes sobre o parque. Por exemplo: como era o pássaro que estava em determinada árvore, os tipos de inseto que a criança viu no gramado, as diferentes flores que encontraram pelos jardins, e assim por diante. 
Este jogo simples, que nada mais é do que uma conversa para instigar a curiosidade da criança, é uma ótima oportunidade para assimilar noções básicas sobre um pequeno ecossistema, no caso o do parque. 
Ao fazer esta brincadeira, é importante que você mencione a relação de interdependência dos insetos com as plantas e as flores, de como o clima pode influenciar o tipo de plantas que estão ali, assim como os pássaros e, possivelmente, outros animais que habitam esta área verde. 
Se quiserem ir mais a fundo, quando chegarem em casa proponha que a criança desenhe os detalhes que memorizou ou o que mais gostou do passeio. A vantagem deste tipo de atividade é que ela reforça o aprendizado de uma forma lúdica. 

Visita ao jardim botânico:
Uma visita ao jardim botânico tanto no início como no auge da primavera pode ser uma ótima experiência para as crianças observarem as transformações da estação, como por exemplo, as plantas da época, os cheiros, os insetos. 
Normalmente estes espaços oferecem atividades dedicadas ao público infantil que servem tanto para divertir como para aprender. 
Uma boa dica é checar o site do jardim botânico com antecedência para planejar a sua visita de acordo com a programação que o local oferece. 
Quando terminarem o passeio, estimule a criançada com perguntas, como o que mais chamou a atenção delas, plantas e árvores diferentes que viram e gostaram, em que regiões do Brasil é possível encontrar estas espécies, etc. 

Plantando a própria horta:
Se não tiver um parque ou jardim botânico por perto, a diversão pode acontecer em casa mesmo. Como a primavera é um convite à jardinagem, que tal chamar o filhote para plantar ervas aromáticas como manjericão e salsinha? O legal destas plantinhas é que não é nem preciso um quintal espaçoso, e você pode cultivá-las na jardineira do apartamento ou colocá-las em vasinhos na sacada. 
A experiência de plantar uma semente e acompanhar o crescimento da planta pode ser fantástica para a criança entender e valorizar de onde vem o alimento. Você pode propor dela regar a hortinha todos os dias e observar o crescimento da planta, assim como suas diferentes fases, e se ela floresce ou não.
Quando a plantinha estiver madura, ensine o seu pequeno a colher as folhinhas. Preparem juntos uma salada ou sanduiche de tomate, manjericão e queijo branco. 
Estimule a criança a descrever o gosto da ervinha que ela plantou. O aprendizado está nas associações que a criança faz entre o ciclo de crescimento da planta e da função que ela assume como um alimento. 

Piquenique:
Qualquer atividade pode servir como aprendizado. Sair para um piquenique com os pequenos é mais uma oportunidade para curtir as áreas verdes da cidade de uma maneira diferente. 
Além de lanchinhos saudáveis, leve na mochila papel e caneta. Ao chegarem à área verde de sua escolha, proponha aos pequenos que eles sejam exploradores por um dia. Explique que como “viajantes de terras desconhecidas” sua missão é explorar o terreno, listando a fauna e a flora do lugar. 
Esta é uma atividade excelente para a criança se familiarizar com os animais e as plantas. Se ela não souber escrever, peça para fazer desenhos. 

E você? Qual é a sua escolha de passeio para curtir a primavera e estimular o conhecimento dos pequenos? Envie suas ideias e sugestões.

Leia Também:
Escolhendo os Primeiros Brinquedos do seu Filho: AQUI
Brincar é coisa séria: AQUI
Dicas de como tirar as crianças da TV: AQUI
Ideias de brincadeiras ao ar livre para as crianças: AQUI

30 Comidinhas do Halloween

Olá Pessoal! Tudo bem? Espero que sim!
Este mês comemora-se o Halloween ou o Dia das bruxas aqui no Brasil, que é delicioso, pois nas festinhas tem muitas gostosuras e travessuras. E melhor a criançada se diverte! Então o Blog Mãe de Primeira Viagem selecionou várias inspirações de comidinhas que você poderá fazer nas festinhas de Halloween ou até mesmo em uma tarde/noite com a família e amigos, assim divertir as crianças, família e amigos. Tem inspirações para todos os gostos e todas bem fáceis de reproduzir, basta dedicação e criatividade! 
Vamos lá:
Sanduíche de caixão com maionese e catchup
Para quem vai fazer uma festinha de aniversário, cupcake de halloween. Achei super legal!
Suco de Uva com gelos divertidos!
Enroladinho de salsicha!
Adorei essa pizza de fantasminha, pode ser feita com requeijão e as azeitonas deram um charme a mais!
Pode fazer com suspiro, fica bem legal! 
Abobora de mexerica! 
Biscoito com chocolate branco! 
Docinho de morcego.
Gostaram? Eu adorei, principalmente os sanduíches naturais, que alegra os filhotes! 
E vocês quais mais gostaram para reproduzir?


Dica: Nossa parceira a Loja Bem-Vinda Serafina, que citamos AQUI e resenhei AQUI, trabalha com diversos acessórios para a cozinha, tem produtos ótimos para o Halloween.

Leia Também:
6 Segredos para ajudar as crianças a não ficar doentes: AQUI
Como montar lancheira escolar saudável e nutritiva: AQUI

Até mais!

Coque Alto X Coque Baixo? Qual prefere?

Olá queridas amigas! Tudo bem com vocês? Espero que estejam todas bem e super felizes! Pois a vida foi feita para que a gente seja feliz! Então não deixe a felicidade para depois!

Hoje venho com mais um post da coluna que amo Mamãe Tá na Moda, que ajuda todas as mulheres a elevar sua alto estima! E neste post, vamos falar de penteados, mais precisamente dos coques que estão fazendo a cabeça das celebridades e a nossas também, nos mostrando que dá para ficar linda e até inovar com um simples coque. 

COQUE BAIXO: CLÁSSICO E CHARMOSO
O coque baixo é o tradicional e mostra glamour. Fácil de fazer, funciona para diversas ocasiões como casamentos e festas mais chiques. Para reproduzir esses coques , invista em fixadores e grampos para manter o penteado no lugar por mais tempo. Além da versão clássica, o penteado tem diversas versões para turbinar os fios. Além do tradicional coque lateral, o look pode ganhar topete, desfiados e tranças embutidas, criando novas visões para o básico penteado. Então fique atenta, que um coque simples pode ser tornar um elegante penteado.

COQUE ALTO É TENDÊNCIA DAS PASSARELAS E DAS RUAS
O coque alto é mais despojado e ousado. Sem cair no lugar comum, o penteado pode ser desfiado, bagunçado, cheio ou arrumadinho. Para tentar, faça um rabo de cavalo alto e ajeite os fios cuidadosamente com grampos.

Agora vamos ver os coques das famosas:

Bella Thome
Amanda Seyfried
Diane Kruger
Jennifer Lawrence
Kelly Rowland
Kim Kardashian
Sandra Bullock
Vanessa Hudgens

Gostaram??? Agora escolha seu favorito: Alto ou Baixo? 

Confira Também:
- Moda: 6 Dicas para PARECER MAGRA!: AQUI
- O batom ideal para cada tipo de lábio: 
AQUI
- Cuidado com a pele: 
AQUI
- Moda Praia para Mamães e Gestantes: 
AQUI
- Nove dicas para melhorar a hidratação dos cabelos em casa: 
AQUI
- Maquiagem com glitter para arrasar a noite: 
AQUI

Heitor veste Grow-Up

Olá Pessoal! Tudo bem com vocês? Espero que sim!
Hoje trago um look do Heitor, que usou para ir em uma festinha.  A festa foi a noite e o clima estava meia estação, aquele friozinho gostoso, por isso decidimos usar a camisa que recebemos da parceira Grow-Up, que mostramos AQUI  e fizemos a resenha AQUI
Para ir em uma festinha, sempre opto por roupas confortáveis e leves, pois lá vão brincar e se divertir! Ele ficou lindo! hahaha #maebabona
Camisa: Grow-Up - Para conhecer nossa parceira clique AQUI.
Bermuda Jeans: C&A / Sapatênis: Lacoste.

Para conhecer mais ou ficar por dentro de todas as novidades entre no site www.growup.ind.br ou entre em contato!
Contatos:
Site: AQUI
Fan Page: AQUI
Instagram: AQUI
You Tube: AQUI
Endereço Loja: Av. Padre Pedro Canisio Henz, 301 / Núcleo Industrial Albino Nicolau Schmidt / Cascavel - PR
Fone: +55 45 3035-5050

Ler Também:
Conheça Grow Up: Vestindo sonhos: AQUI
Coleção Outono/Inverno 2014 da Grow Up: vestindo sonhos: AQUI
Resenha: Camisa Infantil Grow-Up:  AQUI
Grow-Up: Para vestir sonhos, foi preciso sonhar, acreditar e trabalhar duro: AQUI

Bodies são opções leves para o verão 2015

Pimpolho aposta em peças confortáveis que facilitam a troca de fralda
A linha de bodies é desenvolvida com malha 100% algodão, gola americana e manga curta

Para enfrentar as altas temperaturas do Verão 2015, a Pimpolho aposta em opções leves e confortáveis que vão conquistar os pequeninos. A primeira linha de vestuário da marca infantil – referência no desenvolvimento de calçados, brinquedos e puericultura para crianças de 0 a 3 anos – traz bodies em mais de 10 cores que permitem várias combinações na hora de vestir os bebês de 0 a 12 meses, além de facilitar a troca de fraldas.

Produzidas com malha 100% algodão, as peças proporcionam toque suave, aveludado e macio e se revelam indispensáveis no guarda-roupa dos recém-nascidos. Os diferenciais na modelagem são a manga curta e a gola americana que se abre sem machucar a cabecinha do bebê. Três botões na parte inferior dos bodies proporcionam mais segurança no momento do fechamento e a etiqueta de composição silkada no tecido protege a pele sensível do nenê.

A linha de bodies da Pimpolho está disponível nas tonalidades candy colors, como o rosa, azul, amarelo e verde, que combinam com diversas roupinhas do bebê, além de nuances mais fortes, como o vermelho.

Body rosa médio gola americana, manga curta e malha 100% algodão – R$ 15,00
Body vermelho gola americana, manga curta e malha 100% algodão – R$ 15,00
Body azul médio gola americana, manga curta e malha 100% algodão – R$ 15,00

Body amarelo gola americana, manga curta e malha 100% algodão – R$ 15,00

Body verde gola americana, manga curta e malha 100% algodão – R$ 15,00
Body rosa bebê gola americana, manga curta e malha 100% algodão – R$ 15,00

Sobre a Pimpolho
A Pimpolho produz e vende itens para bebês e crianças de 0 a 3 anos. Fundada em 1962, a empresa é especializada na fabricação de produtos para as primeiras fases do bebê, passando pela primeira infância até os 3 anos. Diariamente são fabricados 20 mil pares de calçados na linha de produção da Pimpolho. Hoje a marca está presente em todo o Brasil e também no exterior. As mamães dos pequenos estrangeiros também conhecem a marca, que exporta para mais de 40 países.
Até mais!
Copyright © 2013 Diário Mãe de Primeira Viagem - Layout Personalizado por Giselle Carvalho