Coque Alto X Coque Baixo? Qual prefere?

Olá queridas amigas! Tudo bem com vocês? Espero que estejam todas bem e super felizes! Pois a vida foi feita para que a gente seja feliz! Então não deixe a felicidade para depois!


Hoje venho com mais um post da coluna que amo Mamãe Tá na Moda, que ajuda todas as mulheres a elevar sua alto estima! E neste post, vamos falar de penteados, mais precisamente dos coques que estão fazendo a cabeça das celebridades e a nossas também, nos mostrando que dá para ficar linda e até inovar com um simples coque. 

COQUE BAIXO: CLÁSSICO E CHARMOSO
O coque baixo é o tradicional e mostra glamour. Fácil de fazer, funciona para diversas ocasiões como casamentos e festas mais chiques. Para reproduzir esses coques , invista em fixadores e grampos para manter o penteado no lugar por mais tempo. Além da versão clássica, o penteado tem diversas versões para turbinar os fios. Além do tradicional coque lateral, o look pode ganhar topete, desfiados e tranças embutidas, criando novas visões para o básico penteado. Então fique atenta, que um coque simples pode ser tornar um elegante penteado.

COQUE ALTO É TENDÊNCIA DAS PASSARELAS E DAS RUAS
O coque alto é mais despojado e ousado. Sem cair no lugar comum, o penteado pode ser desfiado, bagunçado, cheio ou arrumadinho. Para tentar, faça um rabo de cavalo alto e ajeite os fios cuidadosamente com grampos.

Agora vamos ver os coques das famosas:

Bella Thome
Amanda Seyfried
Diane Kruger
Jennifer Lawrence
Kelly Rowland
Kim Kardashian
Sandra Bullock
Vanessa Hudgens

Gostaram??? Agora escolha seu favorito: Alto ou Baixo? 

Confira Também:
- Moda: 6 Dicas para PARECER MAGRA!: AQUI
- O batom ideal para cada tipo de lábio: 
AQUI
- Cuidado com a pele: 
AQUI
- Moda Praia para Mamães e Gestantes: 
AQUI
- Nove dicas para melhorar a hidratação dos cabelos em casa: 
AQUI
- Maquiagem com glitter para arrasar a noite: 
AQUI

Heitor veste Grow-Up

Olá Pessoal! Tudo bem com vocês? Espero que sim!
Hoje trago um look do Heitor, que usou para ir em uma festinha.  A festa foi a noite e o clima estava meia estação, aquele friozinho gostoso, por isso decidimos usar a camisa que recebemos da parceira Grow-Up, que mostramos AQUI  e fizemos a resenha AQUI
Para ir em uma festinha, sempre opto por roupas confortáveis e leves, pois lá vão brincar e se divertir! Ele ficou lindo! hahaha #maebabona
Camisa: Grow-Up - Para conhecer nossa parceira clique AQUI.
Bermuda Jeans: C&A / Sapatênis: Lacoste.

Para conhecer mais ou ficar por dentro de todas as novidades entre no site www.growup.ind.br ou entre em contato!
Contatos:
Site: AQUI
Fan Page: AQUI
Instagram: AQUI
You Tube: AQUI
Endereço Loja: Av. Padre Pedro Canisio Henz, 301 / Núcleo Industrial Albino Nicolau Schmidt / Cascavel - PR
Fone: +55 45 3035-5050

Ler Também:
Conheça Grow Up: Vestindo sonhos: AQUI
Coleção Outono/Inverno 2014 da Grow Up: vestindo sonhos: AQUI
Resenha: Camisa Infantil Grow-Up:  AQUI
Grow-Up: Para vestir sonhos, foi preciso sonhar, acreditar e trabalhar duro: AQUI

Bodies são opções leves para o verão 2015

Pimpolho aposta em peças confortáveis que facilitam a troca de fralda
A linha de bodies é desenvolvida com malha 100% algodão, gola americana e manga curta

Para enfrentar as altas temperaturas do Verão 2015, a Pimpolho aposta em opções leves e confortáveis que vão conquistar os pequeninos. A primeira linha de vestuário da marca infantil – referência no desenvolvimento de calçados, brinquedos e puericultura para crianças de 0 a 3 anos – traz bodies em mais de 10 cores que permitem várias combinações na hora de vestir os bebês de 0 a 12 meses, além de facilitar a troca de fraldas.

Produzidas com malha 100% algodão, as peças proporcionam toque suave, aveludado e macio e se revelam indispensáveis no guarda-roupa dos recém-nascidos. Os diferenciais na modelagem são a manga curta e a gola americana que se abre sem machucar a cabecinha do bebê. Três botões na parte inferior dos bodies proporcionam mais segurança no momento do fechamento e a etiqueta de composição silkada no tecido protege a pele sensível do nenê.

A linha de bodies da Pimpolho está disponível nas tonalidades candy colors, como o rosa, azul, amarelo e verde, que combinam com diversas roupinhas do bebê, além de nuances mais fortes, como o vermelho.

Body rosa médio gola americana, manga curta e malha 100% algodão – R$ 15,00
Body vermelho gola americana, manga curta e malha 100% algodão – R$ 15,00
Body azul médio gola americana, manga curta e malha 100% algodão – R$ 15,00

Body amarelo gola americana, manga curta e malha 100% algodão – R$ 15,00

Body verde gola americana, manga curta e malha 100% algodão – R$ 15,00
Body rosa bebê gola americana, manga curta e malha 100% algodão – R$ 15,00

Sobre a Pimpolho
A Pimpolho produz e vende itens para bebês e crianças de 0 a 3 anos. Fundada em 1962, a empresa é especializada na fabricação de produtos para as primeiras fases do bebê, passando pela primeira infância até os 3 anos. Diariamente são fabricados 20 mil pares de calçados na linha de produção da Pimpolho. Hoje a marca está presente em todo o Brasil e também no exterior. As mamães dos pequenos estrangeiros também conhecem a marca, que exporta para mais de 40 países.
Até mais!

10 Comportamentos dos pais que prejudicam os filhos


Olá Pessoal! Tudo bem? Espero que sim!
Hoje teremos um post importantíssimo, pois iremos falar de 10 comportamentos que nós pais temos e muitas vezes nem percebemos, mas que pode influenciar negativamente na vida dos nossos filhos. Pesquisando e refletindo pude perceber o quanto sou falha como mãe, claro que não é intencionalmente que temos essas atitudes, pois para mim, toda mãe, mesmo errando sempre busca acertar. Então vamos conferir tais comportamentos e refletir, e assim quem sabe mudar! 

1. Comparar com os irmãos, outras crianças, primos ou amigos:
Talvez os pais não percebam como suas atitudes influenciam diretamente o comportamento das crianças. Mesmo que seja uma ação não intencional, que de fato é o mais comum. No livro " As Crianças Aprendem o Que Vivenciam (ed. GMT)", os autores Dorothy Law Nolte e Rachel Harris contam que ao comparar o filho com outra criança, por exemplo, a mãe começa a magoar a identidade da criança e aos poucos retira sua espontaneidade.
2. Fazer chantagem emocional:
"Só vou te dar o doce se disser que me ama", "Se não ficar bonzinho, não volto para te buscar na escola". A criança entende que a conquista vem ligada a uma troca, ou ainda que precisa abrir mão de um desejo ou vontade para agradar outra pessoa. "Chantagem emocional é a pior linguagem possível, pois ela aprende a negociar por meio de uma figura de autoridade que a ameaça. 
3. Ser superprotetora: 
Você não deixa seu filho brincar no parquinho por medo de doença? Qualquer situação te leva a brigar por ele na escola? A superproteção elimina a dificuldade da criança em criar suas próprias habilidades, em ir para o mundo como um adulto capaz de solucionar seus problemas. O excesso de proteção deixa o filho dependente, frágil e mimado. 
4. Elogiar exageradamente: 
Elogiar demais cria uma percepção distorcida da identidade real. Além de forçar situações para ser elogiada pela família e também desejar atenção de estranhos, a criança pode se sentir carente de elogios constantes por situações em que não seriam coerentes. Evite fazer disso uma rotina, use o agrado com moderação mesmo sabendo que seu filho (a) é o "mais lindo do mundo" 
5. "Comprar" a criança com presentes e agrados para suprir necessidades: 
Apesar de parecer uma solução imediata para o problema, encher a criança de presentes e agrados não é a melhor saída para remediar uma necessidade. A ideia é que ela não perceba a falta de algo ou alguém, mas a situação gera um sentimento de vazio enorme. Ela aprende que o "ter" passa a ser mais importante que o "ser", e daí constrói uma personalidade focada mais em conquistas materiais. 
6. Não conseguir dizer "não" e deixar a criança fazer tudo que deseja: 
Deixá-la à vontade para desejos e decisões é um erro que reflete em seu futuro. Não saber dizer ‘não ‘cria um sentimento péssimo de "falso poder. Além do mais, a criança passa a achar que tudo é possível e perde o respeito por futuras figuras de autoridade, como professores e chefes. Ouvir não é doloroso, mas um aprendizado necessário. Muitos pais tem medo de que os ‘nãos’ interfiram negativamente na vida da criança, mas se essa negativa for acompanhada de carinho, argumento e explicação vai fazer do seu filho um adulto mais convicto. É tão importante na educação quanto o sim! 
7. Ser ausente e não participar dos principais momentos: 
A criança necessita dos pais presentes para não se sentir desamparada ou sozinha. E não é só fisicamente, mas no crescimento e nas decisões dos filhos. Os reflexos na autoestima podem ser diretos. Quem se sente sozinho, se sente inseguro. E a insegurança é um passo fundamental para a baixa autoestima. Programe uma tarde divertida, um passeio gostoso ou uma viagem cheia de brincadeiras. Participe mostrando interesse nas atividades e deixe os momentos serem lembrados com bastante carinho. "Uma dica simples é que os pais evitem perguntas cujas respostas sejam 'sim' ou 'não'. Por exemplo, em vez de perguntar 'a escola foi legal hoje?', pergunte 'o que aconteceu de mais legal hoje'? 
8. Fingir que o filho nunca erra para poupá-lo: 
É preciso deixar claro que todas as pessoas erram. O ideal é não poupar a criança e apresentar a situação com clareza e correção, se for preciso.A questão é saber apontar o erro para ela, mostrar o que foi errado e o porquê daquilo. Quem finge que o filho nunca erra, acaba não ensinando. Principalmente em comportamentos como mentir, não deixar o colega brincar com os seus brinquedos ou mesmo pequenas, como tapas ou mordidas. 
9. Falar uma coisa e fazer outra em atitudes: 
A melhor forma de ensinar é influenciar usando bons exemplos, e não com regras ou avisos que entrem por um ouvido e saem pelo outro. Demonstre para a criança o que é correto usando palavras positivas, e lembre-se de agir de acordo com o que foi dito para que ela não perca a referência. Credibilidade pode ser uma palavra difícil de falar, mas é bastante fácil de perceber. De nada adianta pedir que trate bem as pessoas se sair agredindo verbalmente o porteiro, o vizinho ou discutindo no trânsito, por exemplo. 
10. Prometer e não cumprir: 
É muito importante para a criança ter uma promessa atendida pelos pais. Por isso, redobre os cuidados e não diga nada além do que estiver ao seu alcance. Assim vai preservar a sua credibilidade. Prometer e não cumprir gera falsas expectativas e tira a confiança. Na visão dela, se não puder confiar neles, o mundo passa a ser um local a se temer. 

Aqui em casa, estamos nos observando para não errar, enfim tentando mudar alguns destes comportamentos, tentando melhorar! 
E vocês tem algum desses comportamentos ? 
Até mais! 

Conheça: Rocha Baby

Olá amigas e amigos!Tudo bem com vocês? Espero que sim! Aqui estamos super bem!
Hoje é com uma imensa satisfação que venho apresentar para vocês a nova parceria do Blog Mãe de Primeira Viagem, a loja virtual Rocha Baby. Tenho certeza que será uma parceria de sucesso, pois a empresa já é um sucesso, trabalha só com produtos diferenciados e de qualidade, para satisfazer todos seus clientes.
A Loja Rocha Baby trabalha com as melhores roupas importadas para crianças de 0 a 6 anos.
Então, sabe aquelas roupas importadas infantil, que tanto queremos comprar para os filhotes? Mas não sabemos aonde? Ou ficamos em dúvida no momento da compra, se é original ou não? Seus medos e suas dúvidas acabaram, pois vou apresentar á vocês essa loja on line Rocha Baby, que é maravilhosa e super confiável. Vale a pena conferir!


Conheça a Rocha Baby:
É muito comum ouvirmos reclamações de compradores de roupas infantis sobre a dificuldade de encontrar produtos de qualidade e bom gosto num único lugar, sem a necessidade de buscar referências Pensando nisto, a Rocha Baby se posiciona como Importadora e Distribuidora de roupas infantis de 0 à 6 anos das melhores marcas internacionais, com um preço justo e maior conveniência aos seus clientes. Iniciamos nossas atividades em meados de 2012 com a razão social STONE BRIDGE Com. Imp. Prod. do Vestuario Ltda com CNPJ: 15.745.684/0001-28 Inscrição Estadual 278.110.320.117, e estabelecida na cidade de Cotia - SP. 

Nosso site (AQUI)foi estruturado de forma a proporcionar compras praticas, rápidas e seguras, sendo possível pesquisar produtos por: Categorias (menino ou menina), Idade, Marcas ou Palavras-Chave. Também verifique "Como comprar, Formas de pagamento, Segurança e privacidade, Rastrear pedido, Trocas e devoluções".
Para você que quer presentear os seus familiares e amigos com artigos de qualidade e bom gosto, termos ótimos preços e grande variedade! Fique a vontade! Aproveite e boas compras!
Gostaram??? Espero que sim! Pois eu amei conhecer essa loja on line
Tem muitas variedades de marcas e roupas! Todas importadas de qualidade excepcional! Ótimas condições de pagamento, além de preços super bacanas, podendo assim qualquer mamãe comprar roupas importadas para os filhotes, além de muitas promoções e descontos! Basta ficar de olho

O site é seguro, podendo realizar suas compras com total segurança. E pode fazer suas comprar com tranquilidade, pois tem uma tabela de tamanhos contendo peso e altura, para assim orientar e facilitar as compras de todos os clientes. Além do atendimento que é excelente e diferenciado! 
 ** Para visitar Loja Rocha Baby e conhecer todos os produtos e vantagens de ser um cliente, basta entrar no site www.rochababy.com.br ou entrar em contato:
Contatos:
Loja: AQUI
Fan Page: AQUI
E-mail: sac@rochababy.com.br
Fone: 11 4617-4409

Espero que tenham gostado! 
Até mais!
Copyright © 2013 Diário Mãe de Primeira Viagem - Layout Personalizado por Giselle Carvalho